AHFT

Implementação e monitorização do plano de captura e translocação de exemplares piscícolas
Acrónimo: 
AHFT
Ano de início: 
2018
Ano de fim: 
2019
Tipo de projeto: 
Nacional
Investigador principal: 
Pedro Raposo de Almeida
Coordenação MARE: 
Pedro Raposo de Almeida
Instituições participantes: 
Universidade de Évora
Entidade financiadora: 
EDP – Gestão da Produção de Energia, S.A.
Estado: 
A decorrer
Resumo: 

O principal objetivo deste projeto está relacionado com a implementação e monitorização do plano de captura e translocação de exemplares piscícolas associado à construção e operação do Aproveitamento Hidroelétrico de Foz Tua (AHFT). A captura e translocação dos exemplares piscícolas na área de estudo tem como principal objetivo a mitigação do efeito barreira resultante da construção do AHFT, de forma a permitir que se mantenha o fluxo genético das populações de espécies piscícolas, sobretudo aquelas de carácter potamódromo, entre a área a jusante e a área a montante do AHFT, no rio Tua e respetivos afluentes. Mais concretamente, este projeto é composto por quatro tarefas distintas: i) captura e translocação manual de barbo-comum (Luciobarbus bocagei Steindachner, 1864) e boga do Norte (Pseudochondrostoma duriense Coelho, 1985) de jusante para montante do AHFT; ii) captura e translocação manual de barbo-comum e boga do Norte de montante para jusante do AHFT; iii) avaliação do comportamento de barbo-comum na área a jusante do AHFT, com recurso a biotelemetria acústica; e iv) avaliação do comportamento de barbo-comum na área a montante do AHFT, com recurso a biotelemetria acústica.