ProTEoME

PROteomic Tools to assess Endocrine disruptiOn MEchanisms
Acrónimo: 
ProTEoME
Referência: 
PTDC/AAG-MAA/1302/2014
Ano de início: 
2016
Ano de fim: 
2018
Tipo de projeto: 
Nacional
Investigador principal: 
Marco Lemos
Coordenação MARE: 
Marco Lemos
Instituições participantes: 
Instituto de Diagnóstico Ambiental y Estudios del Agua (IDAEA/CSIC), LABERCA - Laboratório de Estudo dos Resíduos e Contaminantes em Alimentos, Universidade de Aveiro (UA), Universidade de Ghent - Faculdade de Engenharia de Biociências, Centro de Estudos do Ambiente e do Mar (CESAM/UA)
Entidade financiadora: 
FCT - Fundação para a Ciência e a Tecnologia
Estado: 
A decorrer
Resumo: 

Este projeto pretende estudar o mecanismo subjacente à toxicidade dos compostos disruptores endócrinos (CDEs), moléculas que interferem com a síntese, secreção, transporte, ação ou eliminação de hormonas de um organismo, afetando a sua homeostasia, reprodução, desenvolvimento, comportamento, imunidade e neurologia. Através de uma abordagem ecotoxicológica e modernas metodologias moleculares, como a análise do proteoma, a equipa internacional e multidisciplinar pretende elucidar a complexidade das interações moleculares que culminam nestes efeitos individuais e populacionais, focando-se em organismos aquáticos a fim de avaliar o impacto que os CDEs podem causar nos indivíduos, populações e ecossistemas.